Pedalando pelo GR28

A serra a arder perto do Merujal, 07 de Agosto de 2010.

Serra do Gerês

Caminhando entre Garranos, de 07 a 08 de Maio de 2005.

Serra de São Macário

Escalada na Pena, 15 de Setembro de 2013.

Serra da Estrela

I Travessia em autonomia total - Guarda - Loriga, de 12 a 16 de Abril de 2004.

Linha do Dão - Ponte de Nagoselas

Travessia BTT pelas Linhas do Dão e Vouga, de 09 a 11 de Abril de 2009.

Caminhos de Santiago

Travessia do Rio Lires no Caminho de Finisterra, de 29 a 31 de Julho de 2010.

Serra de Montemuro

Nas Minas de Moimenta, 29 de Janeiro de 2011.

Linha do Corgo - Ponte do Tanha

Travessia da Linha do Corgo, de 06 a 10 de Outubro de 2013.

Serra do Caramulo

Nas neves do Caramulo com vista para a Serra da Estrela, 04 de Dezembro de 2010.

Aldeias Históricas

De BTT em autonomia total pelo GR22, de 28 de Abril a 01 de Maio de 2006.

Serra do Alvão - Fisgas do Ermelo...

25/08/2009

Barragem da Bravura - 2009

Por vicente.
Consegui tirar uma semana de férias e aproveitei para vir para sul, mais exactamente para a zona de Lagos, de onde os meus genes são originários, apesar de ter nascido na Gafanha na Nazaré. Assim, indeciso entre a maravilhosa praia e uma volta de BTT, decidi-me pela segunda e parti à aventura num projecto que já estava há algum tempo na minha mente, mas que só agora foi possível realizar. Sem os meus habituais companheiros destas andanças que têm muito mais experiência de orientação/navegação, e sem qualquer recurso a mapas ou GPS, resolvi contornar a albufeira da barragem da Bravura, a partir de Odiáxere. Os primeiros 10 kms foram feitos por uma estrada secundária de asfalto, aliás o unico acesso à barragem propriamente dita. A partir daí começou a aventura para mim. Tendo em conta o tipo de navegação que ia fazer, à vista, sem recurso a mapas nem outros auxiliares, sempre com a albufeira à vista, nem todos os trilhos que encontrei levavam ao meu objectivo que era contornar completamente a albufeira. Assim e após alguns trilhos em que tive de voltar atrás lá dei com a direcção certa. Os trilhos fantásticos, para a BTT e certamente para caminhada, não estão inseridos em nenhum percurso oficial, pelo menos a avaliar pela falta de informação no terreno. No entanto já tenho visto trilhos sinalizados noutras partes do país com muito menos condições para a prática destas actividades. Com o passar dos Kms de navegaçao por intuição, acabei por me encontrar em plena Via Algarviana, na qual os meus amigos Calé e Cardoso fizeram duas etapas há cerca de 2 meses. Tendo seguido por esta via durante alguns Kms, e como sei que a mesma se dirige a Vila do Bispo e depois Sagres, resolvi continuar a minha navegação à vista e continuar a contornar a albufeira da Barragem da Bravura, algo um pouco difícil, dada a configuração tentacular da mesma, onde fiz alguns trilhos descendentes sem continuidade. Acabei por conseguir contornar totalmente a albufeira, passando a cerca de 3 Kms de Monchique, o que me deu vontade de efectuar outra aventura que será a subida à Fóia na Serra de Monchique, pelo lado mais próprio para "todo o terreno", que conheci há dias.
Até um dia destes.

08/08/2009

Estreia em Sernada do Vouga



Finalmente a Natália estreou a bike que lhe ofereci. Hoje bem cedo pela manhã, Natália, eu e o Vicente dirigimo-nos a Paradela do Vouga para fazer mais um treino pelos trilhos de Sernada. À nossa espera o Cardoso, a Manuela e o Amaral.
Enquanto o Vicente e o Amaral seguiram para um treino mais longo e de maior velocidade, eu e o Cardoso acompanhavamos o evoluir lento da Natália e da Manuela em direcção às Minas do Braçal. Primeiro ao longo da ciclovia e depois pelos trilhos junto ao Rio Mau até às minas, onde aproveitámos para lhes mostrar o grande complexo mineiro, agora em ruínas.
Depois já reagrupados com o Vicente e Amaral, que após fazerem o treino deles se juntaram a nós nas minas, regressámos calmamente até Paradela onde acabámos a recompor-nos dos esforço com umas bifanas e cervejitas.
Para começar a Natália fez logo uns 30 Km em cima da bike e claro no final tudo lhe doía. Há que continuar que na próxima vai ser pior... (eheheheh)

01/08/2009

Passeio BTT em Sernada

Na ausência do Calé, de férias no Algarve, coube-me a mim (Vicente) fazer as honras da casa, noticiando mais um passeio/convivio BTT.
Pelas 9:15 Com a presença de sete amigos e amigas do Amaral, o grupo, que somava nove elementos, atirou-se com ganas aos nossos conhecidos trilhos/estradões de Sernada do Vouga.
A parte inicial das subidas ficou marcada por um valente aguaceiro, que não chegou para arrefecer os animos dos intrépidos betetistas. As subidas continuaram e cada um no seu ritmo lá foram subindo a montanha perseverantemente até ao topo.
Começamos então as descidas e a adrenalina disparou. Boa velocidade serra abaixo e uma sensação de satisfação entre todos os elementos, quando chegámos novamente ao tunel de acesso á estrada.
4 horas e cerca de 40 kms depois, O passeio terminou com a habitual reposição energética na esplanada do bar da estação, com uns petiscos, minis e outras beberagens.
Mais um agradável passeio, com momentos de boa disposição. Até á próxima.
Quanto a nós (Vicente, Cardoso e Amaral) temos amanhã mais um treino pela mesma zona, com a particularidade de aparecer um elemento (Luis) que depois de se ter iniciado na escalada vai agora tentar tambem o BTT.