Pedalando pelo GR28

A serra a arder perto do Merujal, 07 de Agosto de 2010.

Serra do Gerês

Caminhando entre Garranos, de 07 a 08 de Maio de 2005.

Serra de São Macário

Escalada na Pena, 15 de Setembro de 2013.

Serra da Estrela

I Travessia em autonomia total - Guarda - Loriga, de 12 a 16 de Abril de 2004.

Linha do Dão - Ponte de Nagoselas

Travessia BTT pelas Linhas do Dão e Vouga, de 09 a 11 de Abril de 2009.

Caminhos de Santiago

Travessia do Rio Lires no Caminho de Finisterra, de 29 a 31 de Julho de 2010.

Serra de Montemuro

Nas Minas de Moimenta, 29 de Janeiro de 2011.

Linha do Corgo - Ponte do Tanha

Travessia da Linha do Corgo, de 06 a 10 de Outubro de 2013.

Serra do Caramulo

Nas neves do Caramulo com vista para a Serra da Estrela, 04 de Dezembro de 2010.

Aldeias Históricas

De BTT em autonomia total pelo GR22, de 28 de Abril a 01 de Maio de 2006.

Serra de São Macário - Da Pena a Covas do Monte...

30/03/2013

Serra do Caramulo: Rota das Cruzes


Hoje, aproveitando um intervalo no mau tempo que se tem feito sentir nos últimos tempos, resolvemos fazer uma caminhada pela Serra do Caramulo.

A vontade de voltar às serras é grande pelo que, mal foi lançada a ideia de irmos até ao Caramulo logo grande parte do grupo aderiu à ideia. Assim hoje eu, Cardoso, Amaral, Vicente, Mariana, DJ, Pina Jorge e um amigo (Quim) lá nos encontrámos na vila do Caramulo para mais esta actividade.

Escolhemos a Rota das Cruzes para a caminhada e lá partimos.

Sinceramente não contava que este passeio fosse tão interessante e bonito como foi. Talvez o facto de a água ser abundante ao longo de quase todo o percurso, correndo pelos trilhos, linhas de água, ribeiras, tenha contribuído para a beleza do passeio. As cores da mata com os verdes dos musgos que cobrem pedras e árvores. os castanhos, vermelhos e amarelos das folhas e vegetação deram também um toque especial ao percurso.

Não sendo um percurso longo, nem de grande dificuldade, o facto é que se tornou muito agradável para este início de temporada. Pelo menos nesta época é recomendado.

video

Ponte medieval sobre a Ribeira do Xudruro e via romana a caminho do Carvalhinho



02/03/2013

Rota do Castro do Banho - Termas de São Pedro do Sul


Num dia bonito, com Sol fomos até às Termas de São Pedro do Sul para caminhar no percurso pedestre "Rota do Castro do banho".

Iniciámos  (eu, Vicente. Mariana, Cardoso, Francisco e DJ) o percurso, junto ao edifício do Inatel Palace, atravessando o Rio Vouga por uma ponte metálica.

O percurso na fase inicial não apresenta grandes motivos de interesse, tendo uma ou outra subida mais exigente. Ao longo do mesmo passa por pequenas povoações descaracterizadas. 

O primeiro momento com algum interesse é a passagem pela Casa dos Malafaias, um belo e imponente solar sinal de poder e riqueza de tempos idos.

Já depois de passarmos pela povoação de Serrazes a chegada ao local onde o Rio Zela desagua no Rio Vouga apresenta também grande beleza, com os rios a criarem um rápido de águas turbulentas e rápidas.

A subida por estrada até Vouzela não é completamente desinteressante, assim como a passagem nessa vila pouco mostra com interesse, sendo o único ponto a Casa das Ameias em avançado estado de ruína.

Depois o percurso junta-se ao Rio Vouga, que parece parado, e percorre a antiga Via Romana do Vau onde se pode encontrar um curioso e velho marco ostentando as 5 quinas nacionais.

Ao longo dos 16Km de percurso são estes os poucos motivos de interesse do mesmo. Vale pelo sossego, pela beleza do Rio Vouga e por estes motivos atrás citados.

Perde muito com passagens longas por estradas em alcatrão. Tem ainda um ou outro ponto do percurso menos bem marcado e onde o cruzamento com outro percurso pode enganar os caminheiros.