Serra de São Macário - Da Pena a Covas do Monte...

08/03/2009

Por trilhos da Quinta do Convento em Marialva

Estava prevista a realização de uma BTT pelos trilhos de Marialva, mas a poucas horas da partida uma mazela no meu ombro direito, que quase me paralisou por completo o braço, ia deitando tudo a perder. Em cima da hora resolvi mudar a actividade de BTT para uma caminhada e com a concordância dos restantes elementos lá seguimos para a zona prevista.
Iamos preparados para frio e chuva e acabámos por aproveitar um excelente dia de Sol e calor.
Assim os cinco (Calé, Natália, Cardoso, Manuela e Vicente) fielmente acompanhados por uma cadela da aldeia lá efectuámos o percurso da "Quinta do Convento".
O percurso não é dos melhores que já fizémos e acho mesmo que esta zona apesar de excelente para BTT é pouco interessante para Pedestrianismo. No entanto o percurso não deixou de ter alguns motivos interessantes, entre os quais a passagem pelas ruínas do Convento.
Seguindo a descrição do percurso constante nos livros do Inatel (Carta de Lazer das Aldeias Históricas), consegue-se realizar o percurso, mas o recurso a uma carta militar pode evitar alguns dissabores e permite mesmo cortar um pouco do trajecto, se houver essa intenção, dado que ainda é longo (O mapa e as descrições irão depois constar na página que está em construção sobre as Aldeias Históricas).
A visita a Marialva (parte antiga) é sempre interessante e recomendada pela beleza da aldeia na sua parte muralhada.
No final acabámos por visitar outra das Aldeias Históricas (Trancoso) não por motivos
patrimoniais, históricos nem arquitéctónicos mas sim porque decorria a Feira dos Enchidos e Sabores.
O resto nem vou contar...











Fotos do passeio

1 comentários:

Foi com agrado que vi neste blog uma referência à Quinta do Convento de Marialva.
Desde longa data que tenho no meu imaginário uma visita a estes locais que estão ligados aos meus avós maternos.
Espero poder caminhar por estes sitios num futuro próximo.
Obrigado pelo espírito de iniciativa e de aventura.

A. Monteiro