Sanabria - Peña Trevinca...

07/08/2012

Nas Escarpas da Mizarela


Aproveitando as férias e para retirar alguns ácidos que ainda habitavam os músculos das pernas, devido ao 'Trilho dos Incas', fui mais o Francisco fazer o percurso 'Nas Escarpas da Mizarela'.

Eu já o fiz algumas vezes, em ambos os sentidos, mas o Francisco nunca tinha percorrido este magnífico trilho.

Assim arrancámos para a Serra da Freita bem cedo e iniciámos o percurso junto ao parque de campismo do Merujal. Caminhámos até à povoação da Mizarela e daí seguimos até às paredes de escalada de Cabaços. Contornámos a serra pelo bonito trilho, exposto ao vale, e descemos até ao lugar da Ribeira.

Pelo caminho, a passagem na ponte junto às cascatas da Ribeira da Castanheira é um dos bons momentos do passeio.

A travessia do Rio Caima, junto à povoação, marca o início da longa e árdua subida de regresso à Mizarela.

A Frecha da Mizarela, a queda de água que é o ex-libris da Serra da Freita, passa a ser a imagem que se nos depara durante esta parte do trajecto. À medida que vamos subindo maior vai ficando a cascata, aos nossos olhos.

Já quase no topo resolvemos descer até ao rio, aproveitando uma espécie de caminho que, de Inverno, será mais uma linha de água. Descemos e acabámos uns poucos metros abaixo da cascata, cujas águas se precipitavam no precipício. Maravilhoso!

Aproveitámos para nos refrescarmos nas águas bem frias, aproveitando uma pequena lagoa. Já no retorno descobrimos uma lagoa bem maior e funda, a aproveitar na próxima ida a este percurso.

Depois foi a íngreme subida até ao miradouro da Mizarela, e daí até ao parque de campismo.

Mais um dia muito bem passado.


2 comentários:

Mais um passeio da Serra da Freita a merecer destaque.

Uma paisagem de cortar a respiração onde toda a beleza circundante faz esquecer a árdua subida.

Este percurso é dos que se percorrem várias vezes sem enjoar.

Realmente, é dos percursos mais bonitos da Serra da Freita. A não perder