Sanabria - Peña Trevinca...

30/03/2011

Amaral no Curso de Alpinismo nos Picos da Europa




Aqui envio o relato magistralmente feito por um colega do Curso de Alpinismo que, melhor do que eu, consegue traduzir o que sentimos e passámos naquelas montanhas.


Amaral

"Miguel Catarino

O fim-de-semana que passou, foi um daqueles que me encheu a alma.
Desde miúdo que no meu ADN está escrito a palavra montanha. Esse fascínio pelos montes, pelas pedras, vales e rios, é quase como uma questão de religião. Acredito que existe algo especial na montanha que me preenche e me faz sentir melhor. É a minha fonte de energia.
A montanha é magnética. Atrai-me de uma forma poderosa e inexplicável.
Podemos usufruir dos seus encantos de diversas formas. Percorrendo os seus trilhos, descendo os seus rios, escalando as suas paredes, sobrevoando os seus vales ou simplesmente lá bem no alto, contemplando a sua grandeza ou simplesmente escutando o seu respirar.
Este fim-de-semana na conclusão da parte prática do curso de Alpinismo do clube Amigos da Montanha, superiormente ministrado pelo Pedro Guedes (Espaços Naturais) consegui surpreender-me com os desafios colocados e superados.
Não sei explicar muito bem o que senti, mas senti-me muito bem, apesar do medo que por vezes tive de superar.
O medo faz parte do nosso quotidiano. Apreender a superá-lo, de forma controlada e racional, faz parte da nossa aprendizagem como homens. A montanha ajuda-nos a isso.
O melhor para superar esses medos e receios é estar bem preparado para eles. Tecnicamente (com formação), fisicamente(treinando) e principalmente mentalmente(talvez o maior desafio).
É assim na montanha, é assim no dia-a-dia.
Saber como actuar não é instintivo. Apreende-se. Saber o que fazer, atenua os nossos medos.
Por isso recomendo a todos os que gostem de desporto de montanha, que experimentem um curso de montanhismo, ou de alpinismo. Acreditem que com um formador como o que tive, tudo vai fluir. A parte técnica está garantida, a física vai estando :) e a psicológica melhora substancialmente."

1 comentários:

Até pareces um alpinista a sério. Gosto desse ar de conquistador. Mesmo à macho!

Uma bela aventura numas belas paisagens.

Parabéns!